Como funciona a vistoria de saída?

 

 

 

Enviamos a vistoria para que verifique se algum ajuste é necessário. Nela você deve apontar os problemas adicionando suas considerações e fotos.

O proprietário deve verificar as condições do imóvel, testar o funcionamento dos itens e informar se algum ajuste será necessário durante o prazo disponível para análise.

Problemas identificados após o prazo previsto em contrato não poderão ser solicitados ao inquilino e passam a ser de responsabilidade do proprietário.

Notificaremos os problemas de responsabilidade do inquilino para que ele faça os ajustes necessários dentro do prazo estipulado em contrato e envie fotos para comprovação.

A Salu imóveis também pode executar os reparos e serviços necessários.

 

A vistoria registra o estado de conservação aparente do imóvel. Alguns itens dependem do fornecimento de água, luz e gás e por isso só poderão ser testados efetivamente quando utilizados pelos moradores, no dia-a-dia. Por isso, é importante que você confira a vistoria feita pela Salu imóveis e registre se algo está com funcionamento comprometido ou em estado diferente do relatado.

Veja nossa recomendação sobre quais etapas realizar durante sua vistoria:  

 

1) Instalações hidráulicas

 

Abra todos os registros e verifique se as torneiras funcionam corretamente. Veja também se existe algum vazamento nas mangueiras (flexíveis) e nos sifões do banheiro, área de serviço e cozinha. Teste duchas higiênicas e descargas. Nas pias, observe se existe alguma trinca por onde a água possa passar ou se estão bem fixadas.

 

2) Instalações elétricas

 

Após as verificações hidráulicas, veja se todos os disjuntores do quadro de força estão ligados. Feito isso, identifique qual a tensão das tomadas (voltagem) para então testar seu funcionamento ou conectar equipamentos à elas. No caso dos pontos de luz, certifique-se de que o problema não é apenas a lâmpada queimada.

 

3) Eletrodomésticos

 

Teste sua funcionalidade. Verifique se o ciclo completo de uma máquina de lavar, ou se a geladeira está refrigerando corretamente, por exemplo. Se existem equipamentos menores, como liquidificador, sanduicheira, entre outros, também é importante você testá-los.

 

4) Chuveiro

 

Em caso de chuveiro elétrico, verifique seu funcionamento. Se a água não estiver aquecendo, certifique-se de que o problema não é apenas a resistência queimada trocando por uma nova.

Se o imóvel tiver um aquecedor à gás cheque se está funcionando. Caso negativo, pode ser que o fornecimento de gás para o imóvel esteja desligado, ou o registro fechado. Muitas vezes o zelador consegue ajudar com as verificações.

 

5) Ar condicionado

 

Acione o equipamento, confirme se está resfriando o ar e se existe algum vazamento. Observe também o funcionamento das paletas e do controle (se ele não funcionar, cheque se as pilhas estão carregadas).

 

6) Portas, janelas e persianas

 

Procure abrir e fechar todas. Observe se estão emperrando, se o trilho está danificado ou se alguma folha está solta. Cheque o estado dos vidros também. Note se as maçanetas das portas ou trincos das janelas apresentam algum problema para um registro mais preciso.

 

7) Mobília

Teste o funcionamento das gavetas e portas de armários. Se houver um sofá-cama, confirme se ele abre corretamente. Sofás e colchões podem apresentar pequenas manchas ou furos que não foram identificados na vistoria, assim como os móveis podem apresentar marcas ou riscos.

                                                                       Ainda com dúvidas? 

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
  • LinkedIn - Círculo Branco

Salu Negócios

CRECI-SP J26.185 - Termos e Privacidade